segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Butão, Um País Totalmente Budista

                           Butão

                        Por Que Pra Lá? - Butão                       


POR QUE PRA LÁ? - BUTÃO
Primeiro pegue um mapa. Depois, uma lente de aumento. Agora olhe aquela região onde Índia, Nepal, Bangladesh e China se encontram. Viu um ponto diferente por alí? É o Butão.
bhutan_map
Não é de se estranhar que muita gente não saiba onde fica esse país minúsculo (800 mil habitantes) com nome esquisito.
Photo: jarame (Flickr)
Até há bem pouco tempo, o Butão simplesmente não existia para o mundo do turismo. Suas fronteiras só foram abertas aos estrangeiros em 1974 e até hoje são controladíssimas pelo governo, que pretende evitar turismo em massa e qualificar seus visitantes cobrando entre 200 e 250 doláres por dia de cada um.
Photo: graham (Flickr)
Até hoje, o maior motivo de destaque mundial do Butão, cuja bandeira é essa aqui embaixo, foi a forma nada ortodoxa de medir a sua riqueza. Ao invés do clássico Produto Interno Bruto, os butaneses usam a Felicidade Interna Bruta. E pelos relatos que vêm de lá, a FIB anda em alta no país
flag_of_bhutansvg
Feita a introdução, passemos ao que interessa: por que passar férias no Butão?
————————————-
1) Para conhecer o país que é conhecido como “o último paraíso na Terra”.
Photo: jean-marie hullot (Flickr)
2) Para visitar o primeiro (e até agora único) país do mundo onde é proibido vender cigarro, mas não é proibido fumar se você conseguir de algum turista, por exemplo.
3) Para ver plantações de maconha em um país que proíbe o tabaco (usadas para alimentar porcos).
Photo: hockadilly (Flickr)
4) Para conhecer um país fundado por budistas e profundamente ligado à religião até hoje.
Photo: steve evans (Flickr)
5) Para conhecer um país onde a população pinta enormes pênis nas paredes, em homenagem ao lama Drukpa Kunley, que andava pelado, “iluminava” mulheres através do sexo e trocava sabedoria por cerveja. Um gênio, portanto.
Photo: deana zabaldo (Flickr)
6) Para conhecer o único país do mundo que usa o indicador “Felicidade Interna Bruta” para medir sua riqueza.
Photo: Steve Evans (Flickr)
7) Para tentar entender como a Felicidade Interna Bruta pode ser tão alta em um dos países mais pobres do mundo.
Photo: steve evans (Flickr)
8 ) Para tentar entender como um dos países mais pobres do mundo consegue ter indicadores sociais tão bons.
9 ) Para ver ao vivo o Festival de Paro, a única atração butanesa no livro 1000 Lugares Para Conhecer Antes de Morrer.
Photo: andy lederer (Flickr)
10) Para aprender dzongkha, a língua oficial do Butão, falada apenas lá e na região indiana de Sikkim.
Photo: Andrea Williams (Flickr)
11) Para conhecer um país que teve sua primeira eleição democrática em 2008.
12) Para ver como são as ruas de um país com um único semáforo.
Photo: Steve Evans (Flickr)
13) Para visitar um lugar que só viu o primeiro televisor há 11 anos.
14) Para ser um dos pouquíssimos 14 mil turistas que visitam o país a cada ano.
Photo: Birger Hoppe (Flickr)
15) Para conhecer a arquitetura butanesa, uma das principais atrações do país.
Photo: Soham Banerjee (Flickr)
16) Para encher a cara com as cervejas butanesas.
Photo: Daniel P. Schmidt (Flickr)
17) Para ver paisagens de cair o queixo, já que o Butão fica no meio das montanhas do Himalaia.
Photo: Marina & Enrique (Flickr)
18) Para fazer trekking por lugares estupendos e, no final, chegar em uma cidadezinha e ser abençoado por um lama reencarnado.
Photo: Steve Evans (Flickr)
19) Para passear pelo Royal Manas, um parque natural com biodiversidade incrível, por estar na junção biogeográfica indiana, etíope e indochinesa.
20) Para perder o fôlego vendo, ao vivo, o monastério Taktsang. Sim, aquele que aparece em 10 entre 10 matérias sobre o Butão.
Photo: Bob Witlox (Flickr)
21) Para comprar um chapeuzinho de bambu do povo Layap.
Photo: steynard (Flickr)
22) Para ver alguns dos aproximadamente 2 mil templos e monastérios budistas do país.
Photo: Jean-Marie Hullot (Flickr)
23) Para voar de Druk Air, a companhia aérea nacional, ou de Buddha Air, a mais nova companhia a entrar no país.
Photo: laihiuyeung ryanne (Flickr)
24) Para chegar lá pegando o voo entre Kathmandu e Paro, que passa por 4 das 5 maiores montanhas do mundo: Everest, Lhotse, Makalu e Kangchenjunga.
Photo: shrimpo1967 (Flickr)
25) Para conhecer um país que tem mais de 70% da sua área coberta por florestas.
26) Para conhecer um país cujo rei usa um penteado Elvis-style.
Photo: Gelay Jamtsho (Flickr)
27) Para querer voltar (70% dos turistas que passam por lá manifestam a vontade de retornar em menos de 5 anos).
Photo: Birger Hoppe (Flickr)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário